Upgrade HomeServer – Part 1 – Intro

2016 já entrou aí em força há 3 meses mas só agora decidi seguir a recomendação de um amigo e começar um pequeno “pet” project para me ir entretendo nos tempos livres mas além de tudo como diria essa pessoa “pensar em algo que não importa”.

Ora então depois de muito pensar no que me poderia meter, teria de ser algo que me desse alguma vontade caso contrario iria ficar perdido em conjunto com todas as outras coisas, pelo que me decidi a atualizar o meu pequeno servidor lá de casa.

O equipamento em questão é um HP MicroServer N41L com a seguinte configuração:

  • Processador AMD Turion
  • 5 discos, 1TB+500GB(x3)+320GB para o SO
  • 4GB RAM

Estive com a plataforma OpenMediaVault (OMV) instalado durante muito tempo (anos) mas achei que estaria na altura de mudar todo o sistema.

Isto pois quando o instalei inicialmente apesar de ter colocado os discos em RAID não me precavi para uma situação com que me tenho deparado… Falta de espaço. Ora então foi juntar o util ao agradavel e decidi meter mãos à obra..

O primeiro passo foi a compra de um disco de 2TB para substituir um de 500GB, neste caso o ST2000DM001. Como iria alterar o sistema de ficheiros por completo e este equipamento serve de NAS lá para casa foi então altura de eliminar muita coisa que la tinha e sabia que conseguiria arranjar novamente.

Procedi então à troca de um dos discos de 500GB pelo de 2TB aumentando assim em 1TB o espaço disponivel (não me enganei nas contas, já lá chegaremos).

O passo seguinte era a instalação de todo o sistema, e aqui é que perdi um pouco mais de tempo a investigar, queria algo novo algo que desse “luta” e não apenas uma solução de “next next next finish”.

O OMV é um sistema brilhante, funciona perfeitamente mas é muito GUI queria algo sem isso, algo que me fizesse aprender e investigar. Uma das funcionalidades que me deveria permitir era um dia mais tarde quando quisesse trocar um disco bastar apenas tirar e colocar outro e os dados lá estariam.

Decidi-me então por uma solução baseada em 3 tecnologias totalmente novas para mim:
* Ubuntu Server (iniciei o projecto com debian puro mas não me habituei à falta de pacotes que este trazia pelo que na segunda tentiva foi com ubuntu)

  • snapraid
  • mergerfs
  • docker
  • Ansible

Agora mais tarde irei descriminar cada um deles e o processo todo.

Leave a Comment